Notícias Nacionais

Realizou-se a 25 de novembro o lançamento público do folheto “Prevenção da Violência Doméstica – Contributo das Confissões Religiosas”, que visa a informação e a sensibilização contra a violência dentro dos relacionamentos, sejam eles o casamento ou o namoro.

A iniciativa partiu de uma reunião, que teve lugar em 2019, entre a Secretária de Estado da Cidadania e da Igualdade da altura, Dr.ª Rosa Monteiro, e os representantes das comunidades religiosas. No caso da Igreja Adventista do Sétimo Dia, a comunidade foi representada pelo Presidente da UPASD, Pr. António Amorim, o Diretor do Departamento de Assuntos Públicos, Paulo Sérgio Macedo, e a Diretora do Departamento dos Ministérios da Mulher, Pr.ª Paula Amorim, que prosseguiu no projeto através de ações de informação e formação promovidas pela Secretaria de Estado.

Nessa reunião, face à perceção do aumento e a gravidade de casos de violência familiar, e em especial contra mulheres, foram discutidos e sugeridos meios de informação sobre instituições de apoio às vítimas, formas de sensibilizar a sociedade e de demonstrar publicamente as posições das comunidades sobre o problema, partilhando o que cada uma faz e as ferramentas que tem para o enfrentar.

O folheto agora lançado, que contou com o apoio do Grupo de Trabalho Inter-religioso na sua execução, foi uma dessas ferramentas, explicando o que é a violência doméstica, qual a lei aplicável e onde podem dirigir-se as vítimas. Nele, a Igreja informa: “A IASD dinamiza ações de formação e aconselhamento aos seus Ministros do Culto, membros e público sobre o tema. Organiza também seminários para casais, no sentido de sensibilizar e formar para a necessidade do bom relacionamento familiar e na resolução de conflitos sem recurso à violência. Promove ainda o projeto End It Now, com campanhas de sensibilização e oferta de apoio às vítimas”. Estão ainda divulgados os contactos institucionais da Igreja.

O Diretor dos Assuntos Públicos, Paulo Sérgio Macedo, representou a Igreja na cerimónia no Salão Nobre da Universidade Aberta, que teve como objetivo também o lançamento do Calendário do Tempo 2022, este ano com o tema da “Dignidade Humana”.

Dep. Comunicações UPASD | Departamento de Liberdade Religiosa e Assuntos Públicos