Declarações Oficiais

_drogas

 

A Igreja Adventista do Sétimo Dia exorta todos os indivíduos e países a cooperarem na erradicação da epidemia mundial das drogas que enfraquece a estrutura social dos países e frequentemente provoca a morte, a nível individual, das suas vítimas ou leva-as a uma vida de crime.

Os Adventistas do Sétimo Dia crêem no ensino bíblico de que o corpo humano é o “templo do Deus vivente”, que deve ser cuidado de forma inteligente (II Coríntios 6: 15-17).

A Crença Fundamental Nº 22 da Igreja declara: ”Juntamente com exercício e descanso adequados, devemos adoptar o regime alimentar mais saudável possível (…). Uma vez que o uso de bebidas alcoólicas, tabaco, e narcóticos, são prejudiciais para o nosso corpo, devemos abster-nos também deles. Pelo contrário, devemos envolver-nos em tudo o que proporciona ao nosso corpo a disciplina de Cristo, que deseja o melhor para a nossa saúde, a nossa satisfação e o nosso bem.”

Para terem uma vida vigorosa, os Adventistas do Sétimo Dia incitam todos os indivíduos a seguirem um estilo de vida livre de produtos tabágicos, bebidas alcoólicas e sem fazer mau uso dos fármacos.

 

Esta declaração pública foi emitida pelo presidente da Conferência Geral, Neal C. Wilson, após consultar os dezasseis vice-presidentes mundiais da Igreja Adventista do Sétimo Dia em Junho de 1985, na sessão da Conferência Geral em Nova Orleães, Louisiana.