Notícias Internacionais

Esta quarta-feira, dia 24 de Agosto, um forte terramoto atingiu a região centro de Itália, derrubando edifícios em zonas montanhosas, destruindo aldeias, encurralando residentes e enviando outros para as ruas em fuga. Segundo as últimas informações recebidas crê-se que existam, pelos menos, 10 mortos a lamentar.

O tremor de terra causou graves danos em diversas cidades e aldeias, mas não parece ter atingido áreas de grande densidade populacional apesar de ter ocorrido durante a madrugada, quando as pessoas ainda estão em casa antes do começo do dia.

O terramoto causou danos em cidades de três regiões - Úmbria, Lazio e Marcas. O Instituto Geológico dos EUA, mediu uma magnitude de 6.2, e situa o epicentro perto da cidade de Nórcia, na Úmbria, que possui um centro histórico pitoresco e é um ponto turístico importante. As cidades mais afetadas parecem ser Accumoli, Amatrice, Posta e Arquata del Tronto.

As forças de resgate começaram imediatamente o seu trabalho, e muitos agentes estão a explorar toda a área afetada pelo sismo. A polícia é prudente no seu relatório, dando apenas números concretos acerca das fatalidades nas vilas mais próximas.

O hospital da cidade também ficou bastante danificado, tendo sido obrigado a mover alguns dos pacientes para as ruas.

O Pastor Adventista do Sétimo Dia local, Daniele Benini, já está em contacto com as autoridades no sentido de oferecer a poio da ADRA. “Estamos a estudar a situação em relação aos nossos membros” disse o Pastor Benini, “e neste momento não temos registo de que tenham sido fisicamente afetados pelo terramoto. Estamos a avaliar o desastre em termos materiais e a elaborar uma estratégia para prestar o nosso apoio.”

Imediatamente a seguir ao cataclisma, no Facebook, muitos membros de igreja trocaram informação acerca do seu estado de saúde e da situação em geral. “Lamentamos as vítimas, esperamos ardentemente que o número permaneça baixo,” disse Corrado Cozzi, da Comunicação Adventista, “e oramos por aqueles que foram perturbados pela “agressão” deste cataclisma.”

Passaram apenas poucas horas após este incidente e diante de nós estende-se um dia de trabalho intenso. Em breve, enviaremos um comunicado à imprensa a partir de Itália.

Ad7 Notícias | Corrado Cozzi - Diretor de Comunicação, EUD