Notícias Internacionais

O Supremo Tribunal norte-americano decretou na sexta-feira, dia 26 de Junho, o direito ao casamento homossexual em todo o seu território nacional.

Mesmo com a decisão do Supremo Tribunal, a Igreja Adventista do Sétimo Dia mantém a sua crença fundamental de que o casamento foi divinamente instituído no Éden e confirmado por Jesus como sendo uma união vitalícia entre um homem e uma mulher.

Embora a Igreja respeite as opiniões dos que diferem desta posição, ela continuará a ensinar e a promover a sua crença, baseada na Bíblia, que defende o casamento entre um homem e uma mulher.

A Igreja Adventista do Sétimo Dia acredita que todas as pessoas, independentemente da raça, do género e da orientação sexual, são filhos de Deus e devem ser tratados com civilidade, compaixão e amor semelhante ao de Cristo.

Saiba mais em: Declarações Oficiais

ANN | Ad7 Notícias