Notícias Internacionais

Líderes da Igreja expressam condolências aos familiares das vítimas do atentado em Bruxelas e oram pela segurança do país. 

Dor, medo e insegurança tomaram conta de Bruxelas, capital da Bélgica, depois das explosões que atingiram o terminal de embarque do aeroporto de Zaventem e a estação de metro no dia 22 de março. Segundo o Ministério do Interior belga, os atentados, cuja autoria foi reivindicada pelo autoproclamado Estado Islâmico, fizeram 35 mortos e mais de 200 feridos.

Na sua página do Facebook, Ted Wilson, presidente mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia, expressou a sua solidariedade aos familiares das vítimas. O pastor diz na referida rede social que está a orar pela população da Bélgica e que espera que os membros da Igreja no país sejam “uma força espiritual para os que estão a passar por dificuldades”. “Hoje, durante as reuniões na Conferência Geral da Igreja, nós orámos pelo país, pelos nossos membros e pelas famílias afetadas por esta terrível tragédia”, informou.

Wilson lembrou que, no dia 19 de março, cerca de 300 fiéis percorreram as ruas de Bruxelas, distribuindo folhetos com mensagens de paz durante o Dia Mundial da Juventude Adventista. “Que os nossos jovens e restantes membros continuem a revelar Cristo por meio de um ministério de amor e compaixão durante esta situação traumática”, acrescentou.

Na rede social, o pastor Ted Wilson informou que uma das explosões provocadas pelos terroristas ocorreu perto do escritório da sede adventista belga. Porém, segundo líderes da Igreja, nenhum funcionário ou membro da organização foi afetado.

O presidente da Igreja Adventista na Bélgica, pastor Jeroen Tuinstra, referiu que poderia ter sido alvo dos terroristas se, como de costume, tivesse ido de metro para o trabalho. É seu hábito passar pela estação, justamente no horário em que foram registadas as explosões. Porém, o pastor disse que na terça-feira decidiu deslocar-se no seu próprio carro.

Tuinstra salientou que a Igreja na Bélgica está a orar de forma incessante pelas famílias das vítimas e pela segurança do país.

Ad7 Notícias | Revista Adventista brasileira