Notícias Internacionais

O Departamento de Publicações da Igreja Adventista do Sétimo Dia lançou uma aplicação este ano que permite aos usuários enviar facilmente livros inspiradores ou excertos de livros a qualquer pessoa via correio eletrónico ou redes socais.

A aplicação Sharing Hope (Partilhar a Esperança), um dos assuntos em destaque durante o Conselho Anual de 2015, disponibiliza gratuitamente uma biblioteca de publicações adventistas, incluindo literatura evangelística e livros populares de Ellen G. White, co-fundadora da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Este é apenas o começo, disse Willmar Hirle, diretor associado do Departamento de Publicações da Conferência Geral da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Hirle prevê futuras versões da aplicação, as quais vão contemplar jornais, revistas, meditações e material missionário de todas as Divisões da Igreja.

“Durante os últimos dez anos, temos produzido vários livros missionários que foram traduzidos para um grande número de línguas. Centenas de milhões de livros foram impressos e [distribuídos] em todo o mundo “, disse ele. Há, porém, zonas onde estas publicações em papel não vingam.

“Há alguns anos estava a planear visitar um país onde não temos mais do que 200 adventistas”, contou Hirle. Dado que lhe foi negado um visto de viagem, começou a enviar literatura para a comunidade adventista desse país. A polícia intercetou esse material e prendeu mais de 20 adventistas.

“Eu não posso visitar esse país. Não consigo enviar livros, nem sequer os imprimir nesse país. Mas o seu idioma já está aqui na aplicação”, comentou. “E agora os adventistas desse país recebem os nossos livros.”

O propósito da Sharing Hope é conferir aos usuários a capacidade de chegar a todas as culturas do mundo, disse Viviene Martinelli, gestora de projeto da aplicação. Se um usuário pretender evangelizar alguém que fale uma língua estrangeira, o usuário pode facilmente escolher um livro nesse idioma e partilhá-lo. O conteúdo encontra-se atualmente disponível em árabe, inglês, francês, italiano, espanhol, português e russo, referiu ainda. Esta aplicação deu apenas um pequeno passo na inserção de novas línguas.

Antes do final do próximo ano, Hirle espera que a aplicação atinja 100 idiomas. “Até o final do quinquénio, gostaríamos de ter todas as línguas do mundo”, disse.

A aplicação está disponível no iTunes e Google Play.

Ad7 Notícias | ANN