Notícias Internacionais

A violência no Iraque deslocou pelo menos 3 milhões de pessoas, 50 por cento das quais fugiram para as províncias controladas pelos curdos no Norte do Iraque, onde a Associação Adventista para o Desenvolvimento, Recursos e Assistência (ADRA) está a prestar assistência humanitária.

Durante mais de seis meses, a ADRA tem estado a atuar no Acampamento de Pessoas Deslocadas Internamente (IDP, na sigla em inglês) em Baharka, prestando socorro a famílias que foram forçadas a abandonar as suas casas para fugir aos combates no Iraque. Os programas da ADRA centralizam-se na educação informal, proteção e recuperação dos meios de subsistência para as famílias mais vulneráveis ??do acampamento.

Através dos programas da ADRA, professores voluntários estão a oferecer educação informal às crianças pequenas com o auxílio de materiais fornecidos pela UNICEF, seguindo simultaneamente os princípios orientadores estabelecidos pelo Governo Regional do Curdistão, no Iraque. “Durante as férias escolares e o mês do Ramadão, a ADRA é, neste momento, a única organização não-governamental que se dedica a prestar educação informal às crianças com idades de 4 e 5 anos no acampamento de Baharka”, disse Leyn Gantare, diretor da ADRA no Curdistão.

A organização humanitária está igualmente a fornecer uma refeição nutritiva a cada criança que frequenta o programa e a organizar atividades recreativas para 400 crianças. Estas ações para crianças compreendem eventos desportivos, concursos de desenho, música, jogos, etc. “Este tipo de atividades permite que as crianças se expressem e se relacionem socialmente com outras crianças”, explicou Gantare. “As nossas atividades são especialmente direcionadas para os meninos e meninas com deficiência.”

A UNICEF, entidade parceira da ADRA, está a providenciar tendas que servirão para a educação e como espaços acolhedores que permitam que as crianças se mantenham ocupadas de forma construtiva e segura.

Para aumentar a capacidade de resistência da população deslocada, a ADRA está a oferecer pequenas subvenções que possibilitem às famílias iniciarem as suas próprias pequenas empresas. Os mobilizadores comunitários e conselheiros sociais da ADRA estão a acompanhar regularmente os proprietários das empresas, assim como a prestar formações em gestão empresarial e financeira. A ADRA tem estado a oferecer lições em curdo e a ajudar adultos e crianças a integrarem-se nas comunidades locais.

Os programas da ADRA no Curdistão incluem também campanhas de consciencialização para os iraquianos deslocados e para a comunidade curda sobre a higiene, os perigos do casamento infantil, a educação das crianças, boas relações e cooperação comunitária, e inclusão de pessoas com deficiência, entre outros temas.

A Associação Adventista para o Desenvolvimento, Recursos e Assistência Internacional é o braço humanitário da Igreja Adventista do Sétimo Dia. O seu trabalho fortalece as comunidades e muda vidas ao redor do mundo, fornecendo desenvolvimento comunitário sustentável e socorro em desastres. Para obter mais informações, visite ADRA.org.pt.

ANN | Ad7 Notícias